sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Vamos Fugir?

Segundo Lao-Tsé o ser humano deve buscar o desprendimento do mundo material, não devendo desejar nada. De acordo com o taoísmo, quando um desejo é satisfeito, outro aparece em seu lugar…
A filosofia taoísta, como muitas outras, é muito interessante e bela, mas como conseguir viver num mundo onde somos bombardeados durante 24 horas por dia por tudo o que possa alimentar o seu desejo? E o que dizer do paradoxo da Lei da Atração?
Como se relacionar com as pessoas e com este mundo não criando desejos em nossos corações, se quando olhamos ao nosso redor, nos sentimos completamente presos por uma imensa teia de ilusões?
Eu gostaria muito de não desejar tantas coisas e levar uma vida de uma maneira cada vez mais simples, mas a realidade à minha volta não é tão simples assim.
Quando penso na vida dos aposentados brasileiros, é praticamente impossível não desejar uma vida mais estável e conseguir ter um cantinho, um lar, para um dia na velhice poder viver dignamente…
Quando me vejo vivendo a mesma rotina por dias e dias sem trégua, impossível não desejar estar, ao menos por um tempo, em outro lugar. A coisa piora bastante se você não sai de férias à seis anos…
Quando você se dá conta, está passando dias e noites a sonhar com a vida que você gostaria de ter…
Eu não desejo coisas essencialmente materiais, mas preciso de um certo conforto material para realizá-las. Não tem como passar, nem que fosse, um final de semana na praia sem se preocupar com a parte financeira, mas não é só isso…
Às vezes o problema nem é financeiro.
Quando você divide a tua vida com outras pessoas, nem sempre vão desejar as mesmas coisas e então passa a entender a verdade de Lao-Tsé.
Quando você deseja coisas opostas aos desejos das pessoas com as quais convive, fatalmente isso causará algum tipo de dor.
Alguém vai ceder sempre, e vai acabar se sentindo triste, usado, não respeitado…
O ideal seria que as pessoas desejassem sempre coisas parecidas…
Fica ainda mais complicado, quando você liga a tevê e um mundo de fantasias se abrem, você vê vitrines, conhece pessoas, entra na Internet, ouve histórias…
Esse é um mundo muito dificil para se treinar o desapego.
Nós somos tão carentes de tudo: de atenção, de afeto, de bondade, de sorrisos, de abraços… Somos carentes de coisas tão essenciais que é praticamente impossível viver sem sonhos, porque os sonhos podem ser a única esperança para quase todas as pessoas.
Muitas vezes os desejos são muito mais sublimes que coisas materiais…
Enquanto houver tanta carência nesse mundo não tem como exercer esse desapego…
E eu? Eu desejo tantas coisas: um lar, uma família feliz e estruturada, desejo férias, pequenas viagens, fazer trabalhos voluntários, desfrutar melhor meu tempo, fazer mais as coisas que gosto… desejo mais risadas em casa, desejo mais alegrias no mundo, mais respeito entre as pessoas, desejo ser uma pessoa melhor, menos egoísmo e orgulho… mais bondade, mais afeto e mais abraços sinceros…
O que eu mais queria hoje?
Estar aqui:
http://www.chalesestreladomar.com.br/index.html
14/11/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário